Comitiva da China irá conhecer o ginseng brasileiro em Querência do Norte
QUERÊNCIA l 31/08/2017 10h45

Comitiva da China irá conhecer o ginseng brasileiro

Uma comitiva de pesquisadores chineses chegam amanhã em Querência do Norte para conhecer o ginseng brasileiro, a fáfia. A intenção do governo chinês é incentivar o plantio em áreas próprias de cultivo para abastecer o próprio mercado. 

A planta natural das Ilhas do Parque Nacional Ilha Grande, na região de Querência do Norte, vem sendo cultivada por  produtores em pequenas áreas, já que a retirada da planta das ilhas caracteriza crime ambiental. 

O principal comprador das raízes é a indústria farmacêutica, que transforma a planta em remédios para tratamento de diversas doenças. Na cultura chinesa o ginseng é utilizado na medicina há milhares de anos, na prevenção e combate a doenças crônicas.      

Os produtores de ginseng de Querência do Norte, visando o fortalecimento da cultura, em 2005 fundaram a Aspag (Associação de Pequenos Produtores de Ginseng de Querência do Norte), com o objetivo de produzir ginseng de forma sustentável, liderada pelo produtor Misael Jefferson Nobre que estará recepcionando a comitiva chinesa.  

Fazem parte da comitiva chinesa: Luqi Huang, da Academician of Chinese e Academy of Engineering, vice-president of China Academy of Chinese Medical Sciences; e Lanping Guo, vice director of National Resource Center for Chinese Material Medical, China  Academy of Chinese Medical Sciences. A comitiva chega à cidade às 11h, e irá conhecer áreas de cultivo da planta e estará reunida com produtores.

Fonte: Diário do Noroeste

Veja Também
Comentários