Chuvas causam prejuízo de quase R$ 25 milhões em Querência do Norte
QUERÊNCIA l 08/11/2017 09h05

Os três temporais que atingiram Querência do Norte, no noroeste do Paraná, desde o final de outubro deixaram prejuízos estimados em mais de R$ 24,5 milhões, de acordo com a Defesa Civil. Os estragos causados pela chuva levaram a prefeitura a decretar situação de emergência, o segundo do ano.

O levantamento mostra que a maior parte dos prejuízos, mais de R$ 20 milhões, está concentrada na área rural, com perdas estimadas na lavoura de grãos.

Com a destruição de dez pontes e danos em 80% dos 780 km de estradas rurais do município, famílias continuam parcialmente isoladas e 500 estudantes estão sem aulas. Outro trecho bastante danificado é o da PR-218, que liga o Paraná e o Mato Grosso do Sul.

Uma das situações mais preocupantes é a da Represa Juriti, onde o nível da água subiu três metros em uma semana. Em um dos pontos, a enxurrada transpôs a barragem abrindo um buraco de cerca de quatro metros na estrada. O local precisou ser isolado pela Defesa Civil, porque a barragem corre o risco de romper a qualquer momento.

O trecho é o principal acesso para mais de 300 famílias de dois assentamentos e de trabalhadores de uma fecularia.

“Desde o 2013 o município vem tentando se recuperar dos estragos provocados pelas chuvas, mas a todo ano, os prejuízos e os danos aumentam. Junho e outubro já são meses esperados com alerta. Este ano, a prefeitura decretou situação de emergência em maio e agora de novo”, comentou o coordenador da Defesa Civil em Querência do Norte, Claudiney Nery.

Como há previsão de mais chuva para os próximos dias, a prefeitura não tem perspectiva de quando deve iniciar as obras de recuperação. A prioridade, aponta Nery, é garantir a trafegabilidade das estradas.

Fonte: RPC TV / Globo.com

Veja Também
Comentários